Dificuldades na implantação de um ERP e como superá-las

Tempo estimado de leitura: 3 minutos. 

A tecnologia veio com o intuito de otimizar e melhorar a vida das pessoas e das empresas. Ela vem conseguindo realizar isso, pois, muitos negócios dependem da tecnologia para sobreviver e estão sempre procurando modernizar cada vez mais as operações por meio desse recurso.

Uma das maneiras de se fazer isso é utilizando ERPs, softwares responsáveis por integrar dados e processos de uma empresa em apenas um lugar.

A implantação de um sistema como esse não é tão simples como pensam, podem ocorrer falhas da própria organização e implantação.

Confira a baixo algumas dificuldades que podem ocorrer ao implantar um ERP e como é possível superá-las.


1 – Não planejar corretamente

Uma grande dificuldade ao implantar um ERP, assim como em qualquer outro sistema, é não fazer o planejamento adequado. Aliás, isso pode ser a raiz para a maioria dos problemas que podem surgir durante a etapa de execução.

Alguns erros que podem ocorrer nesta etapa são: estimativas mal feitas de recursos, ausência de análise de dados reais, não saber definir o tempo de cada etapa e até mesmo a ansiedade de querer ver o sistema rodando logo.

Para evitar esse tipo de erro, deve ser definido prazos e metas de forma coerente, além de definir um escopo do projeto e as suas prioridades e disponibilizar uma pessoa que possa liderar a equipe para a execução dessas metas.


2 – Não estudar a ferramenta

No mercado existem diversas soluções, muitas delas podem ser especificas para diferentes segmentos.

A falha no processo de implantação, acontece muitas vezes quando as empresas decidem implementar um ERP sem analisar o sistema previamente.

Uma solução que não foi escolhida corretamente pode impactar em uma implantação deficiente e que por consequência não atenderá ao seu modelo de negócio.

Antes de fechar qualquer contrato, analise os concorrentes e as opções disponíveis no mercado e procure entender qual que se adequa melhor a sua empresa e a sua realidade.


3 – Falta de comprometimento dos colaboradores

Por mais que o planejamento seja bem definido e bem feito, não irá garantir que os colaboradores estejam comprometidos com o projeto.

É preciso que os colaboradores se envolvam o quanto antes. Busque apoio e participação direta dos funcionários na fase de pré-projeto, ou seja, antes de escolher o sistema. Com isso, os colaboradores se sentirão incluídos e atuantes nessa mudança.


4 – Ignorar a existência do suporte

Dúvidas e dificuldades podem aparecer a qualquer momento, tanto na implantação quanto na execução do projeto. A impressão inicial que se tem, é de que o sistema não está funcionando ou de que não está sendo implantado corretamente, mas, muitas pessoas esquecem que há um suporte ao fornecedor para superar essas barreiras.

É aconselhável sempre buscar sanar as duvidas com o pessoal responsável pelo suporte, pois dessa forma, a utilização da ferramenta será cada vez mais trivial para a equipe responsável. Para isso, busque uma empresa que tenha disponível uma equipe de suporte acessível para ter contato e sanar as dúvidas.


5 – Não identificar sinais de resistência à mudança

Algo que não está imune a nenhum negócio é a resistência à mudança que podem surgir. As mudanças podem afetar a rotina dos colaboradores que já são acostumados a trabalhar com rotinas e processos antigos.

Então é bom alinhar muito bem com a equipe sobre as mudanças que ocorrerão, mostrando como aquilo irá melhorar a rotina de trabalho e tranquilize-os em relação a qualquer desconforto que possa eventualmente surgir.

A mudança deve ser feita de forma gradual, procure sempre identificar qualquer sinal de resistência para que seja possível agir sobre e não deixar os problemas acumularem no futuro.


Entendeu como superar algumas das dificuldades de implantar um Sistema ERP? Então agora, conheça o nosso Sistema de ERP, o X-ERP! Entre em contato com um de nossos especialistas, ficaremos felizes em apresentar uma proposta para a sua empresa.