5 Dicas para o seu planejamento empresarial

Tempo estimado de leitura: 2 minutos.

Que empreendedor não gostaria de ver sua empresa trazendo resultados efetivos cada vez mais? Mas pra isso, não basta trabalhar muito e torcer para que os resultados venham até você, é preciso que você faça um planejamento eficiente, que ajude com convicção seu negócio a crescer.

Planejar pode ser algo bem menos complicado do que você pensa, para isto, basta uma boa disciplina atenção.

Para ajudar vocês a dar o pontapé inicial, reunimos 5 dicas para o planejamento empresarial, acompanhe com a gente logo a baixo.


5 DICAS PARA O PLANEJAMENTO EMPRESARIAL


1 – Comece a fazer o planejamento o quanto antes

Geralmente os empreendedores deixam para pensar em fazer um planejamento efetivo quando se começa o ano, quando a ficha cai. Mas o ideal mesmo, é você começar a dar início nesse planejamento, por volta de setembro, assim você começa a planejar com cala, pensar em todos os detalhes cruciais, para que no início do novo ano você já esteja preparado.

Comece a fazer um orçamento anual, coloque na ponta do lápis um valor estimado para entradas e saídas, tudo isso com base nos seus históricos anteriores. Sempre seja realista e dê preferencia para um cenário mais complicado e com incertezas.


2 – Crie a matriz SWOT de sua empresa

Essa ferramenta faz toda a diferença no planejamento de qualquer corporação. Com ela, você consegue ter uma visão ampla sobre todas as fraquezas forças de seu negócio, sendo possível identificar quais são os principais problemas e achar soluções para que isso não retorne a acontecer no próximo ano.

Para a sua criação, deverá ser analisado: forças, fraquezas, ameaças e oportunidades.

Em forças, você deverá listar todos os pontos positivos da sua empresa. Em fraquezas, deverá ser listado todos os projetos que não estão tendo resultados positivos e que precisam de mudanças. Nas ameaças, faça uma listagem de possíveis contratempos e ameaças que podem surgir no seu próximo ano, incluindo concorrentes, fabricantes, leis. Já em oportunidades, você deverá citar ações e fatores que estão disponíveis no mercado que podem ser utilizados ao favor da sua empresa.

Após toda essa análise, liste todas as informações para poder verificar quais ações podem ser feitas para fortalecer sua empresa no ano que virá.


3 – Estabeleça metas

As metas é o ponto chave para que a sua empresa consiga alcançar o sucesso no mercado. Com elas, você dará o rumo para o planejamento da sua empresa.

Estabeleça metas a curto (3 a 6 meses), médio (1 a 3 anos) e longo prazo (até 5 anos), conforme a prioridade que você vê nelas. Suas metas devem ser audaciosas, mas simples, capazes de motivar a sua equipe a alcança-las.


4 – Procure envolver e comprometer seus colaboradores

planejamento não pode comprometer apenas a diretoria ou áreas de gestão, é necessário que todos os setores da empresa conheçam o planejamento e se comprometam a atingir os objetivos traçados.

Para que isso de certo e que todos estejam engajados, ouça a todos durante esse processo, abra os ouvidos para que todos tenham a oportunidade de dizer sobre o dia a dia do seu negócio, afinal, eles estão sempre em contato direto com os clientes e podem dar dicas extremamente valiosas. Claro, o negócio pertence ao dono, e é ele que deverá decidir onde quer chegar, mas os conhecimentos dos outros profissionais não devem ser deixado de lado.


 5 – Acompanhe a execução e andamento dos resultados

Organizar um método de registro das atividades, para ver se as metas estão sendo atingidas ou não, é um ponto muito importante para se ter um controle de tudo. Mas não basta apenas registrar, você deverá monitorar cada passo que foi dado para atingir os objetivos, para perceber como as metas estão caminhando para serem alcançadas.

Com isto, você será capaz de fazer análises com muito mais precisão, além de conseguir entender como suas metas e objetivos estão progredindo para serem alcançadas.